Quando os defensores da lei são chamados de terroristas